Os bastidores da TV

Ironicamente, apresentei há cerca de dois meses um livro sobre as histórias que ficam por contar, quando se trata de reportagens com densidade informativa.
Estava longe de imaginar que dois meses depois, iria noticiar o resgate de um grupo de crianças Tailandesas.

Ler mais

Minutos de descanso

Com a diferença horária de seis horas, na Ásia só dá para dormir duas ou três horas por dia. No intervalo das reportagens e dos directos, aproveitamos para descansar o que for possível. Se for no chão, que seja. O importante é não falhar.

Ler mais

A vida que eu escolhi

São já 38 anos de jornalismo. Uma carreira muito diversificada. Gosto de tudo no jornalismo, mas embora muitas pessoas tenham de mim a imagem da entrevistadora, a minha paixão é mesmo a reportagem. O meu coração palpita quando sou enviada especial e quanto mais difíceis são as condições no terreno, mais eu me supero.

Ler mais

Os meus gostos – Paris

São fortes os laços que me prendem a Paris. Pessoais e profissionais. Foi a primeira cidade onde estive como enviada especial. Estava a trabalhar em Macau, em 1981, quando viajei para Paris para a cobertura das eleições presidenciais que deram a primeira vitória a François Miterrand.

Ler mais

Parabéns, arquiteto

Souto Moura já tinha ganho o Pritzker, considerado o Nobel da arquitetura. Agora, conquistou o Leão de Ouro na Bienal de Veneza.
Há uns quatro anos, fiz uma reportagem/entrevista com o arquiteto. Um portuense genuíno, de trato afável, um senhor.

Ler mais

Os Enviados Especiais

Foi na guerra da secessão, nos Estados Unidos, entre o Norte e o Sul, meados do século XIX, que surgiu a figura do jornalista enviado especial. Na altura, o meio de comunicação era o telégrafo e os jornalistas tinham que fazer fila para conseguir enviar os seus artigos.

Ler mais