Novamente, o Oriente

Como é que eu podia ser indiferente à cidade onde fui operada a um tumor benigno no ovário direito? Impossível.
Já visitei Hong-Kong diversas vezes. Quando trabalhava em Macau, sempre que podia dava um salto a Hong-Kong. Gostava e gosto de tudo.

Ler mais

O Oriente

Fui para Macau trabalhar com 19 anos. Não havia televisão mas a RTP administrava a rádio Macau, em cantonense OU MUN TINTOI.
Nunca tinha entrado num avião. A viagem levou quase 24 horas. À chegada, a primeira impressão foi a humidade e o cheiro. Estava do outro lado do mundo.

Ler mais