Momentos da vida

vida efemera

É tudo tão efémero. É tudo tão passageiro. É tudo tão relativo nas nossas vidas. Ora estamos bem, ora estamos mal. Temos alegrias e tristezas, temos ilusões e desilusões. Temos o singular e o plural. Vivemos porque nascemos e morremos porque nascemos e vivemos. Todos os dias, podemos ser surpreendidos com coisas boas, positivas que nos acontecem, como podemos ser envolvidos no que há de mais negativo.

Ler mais

Poucas coisas contam

mindfulness

Ainda no âmbito da leitura que estou a fazer sobre o conceito de plena consciência, é dito que a vida se resume a um conjunto de momentos. Podemos ganhar ou perder, mas o que fica é termos vivido cada momento das nossas vidas com entrega, entusiasmo ou até amor, ficando com o que de melhor ficou. Porque há sempre algo que fica.

Ler mais