A casa das Você

novo livro judite sousa

Quando, em 2007, alguns estudantes portugueses fizeram o programa de intercâmbio no Rio de Janeiro, quatro viviam num apartamento no Leblon. Iam às aulas e nos tempos livres faziam praia, divertiam-se o melhor que podiam e conheciam o Rio. Um desses jovens tornou-se amigo também de jovens brasileiros, que lhe chamaram “o português mais carioca do Brasil”. Eram quatro rapazes.

Ler mais

Campanha sem Candidato

judite sousa

O que nem eu nem o Sérgio (Diretor de Informação da TVI) imaginávamos, era que o candidato favorito a tornar-se o 38º Presidente do Brasil não iria fazer campanha. Iria estar como que “invisível” durante duas semanas. Não existindo candidato, como é que poderia existir campanha? E não existindo campanha, como é que poderia ser feita a cobertura jornalística?

Ler mais

As palavras de Mano Brown

livro judite sousa

“Ninguém acredita mais em ninguém, mesmo porque dessas ideias de civil e militar, de quem vai ser presidente, ninguém tem medo. O povo já convive com isso dentro das favelas”.

“A confiança é uma mulher ingrata que te beija e te abraça, te rouba e te mata”

Leia muito mais no meu novo livro.

Ler mais

“Sou um homem Morto”

jair bolsonaro novo livro judite sousa

Falhado o contacto com o Brian, o miúdo da Rocinha, a possibilidade foi a favela do Vidigal. O meu contacto fixou três condições, sendo que uma delas era não gravar imagens de pessoas armadas. Não cumpri esta condição, ao que ele me disse no final das gravações: “se a imagem for utilizada, sou um homem morto”. O que é que aconteceu?

Saiba tudo no meu novo livro. O lançamento é amanhã!

Ler mais

O Brian

favela brasil

Em 2007, o Brian tinha 11 anos, mas aparentava ter sete. Era franzino, desnutrido mas tinha grandes amigos. O Brian vivia na favela da Rocinha mas tinha sido “adoptado”, pelos estudantes portugueses que estudavam no Rio de Janeiro, no âmbito do intercâmbio com universidades portuguesas.

Ler mais

Político que é esfaqueado…

livro judite bolsonaro

“Político que é esfaqueado ou é morto ou é eleito”. O meu décimo livro, escrito em 10 dias, logo após o meu regresso do Rio de Janeiro, onde estive a cobrir a campanha de Jair Bolsonaro na segunda volta. Problema: não houve campanha nem houve candidato em razão da facada de que foi alvo no dia 6 de Setembro.

Ler mais

A facada de Bolsonaro

novo livro judite bolsonaro

Quando regressei do Brasil, trazia um livro na minha cabeça. Depois de repor o sono, telefonei ao Pedro Sobral, diretor do grupo Leya. Encontramos-nos no dia seguinte. Disse-lhe que queria publicar um livro sobre as minhas vivências profissionais como enviada especial ao Rio de Janeiro para efectuar a cobertura jornalística da segunda volta das eleições presidenciais. Ele deu-me 10 dias para eu escrever cerca de 200 páginas.

Ler mais