Judith

Os Estados Unidos não são apenas a superpotência. São os maiores em termos de cobertura mediática dos grandes acontecimentos mundiais. Tenho o privilégio de conhecer alguns dos craques. Voltei a cruzar-me com alguns conhecidos de outras “andanças” na Tailândia, em Chiang Rai.

Ler mais

Trump tem coração?

Johh Moore

As imagens de crianças num choro compulsivo, gritando pelos pais, separadas à força das famílias, trazendo-nos à memória tempos de guerra, percorreram o mundo. E o choque, o repúdio, a comoção fizeram-se ouvir em todas as latitudes. O Papa condenou a crueldade de Trump. As Nações Unidas, igual.

Ler mais

O Encontro Histórico

O século XX foi marcado por cimeiras que traçaram a História, reconfiguraram o Mundo e influenciaram os destinos da Humanidade.
Das três cimeiras que determinaram o fim da Segunda Grande Guerra, a mais importante foi a de Ialta, na Crimeia.

Ler mais

Guerra comercial?

Donald Trump está a cumprir o que prometeu na campanha eleitoral: uma política proteccionista que está a pôr em causa os princípios do acordo mundial de comércio, assinado há uns anos em Doha, no Catar.
Trump chegou à Casa Branca apoiado nos votos dos excluídos da globalização. Dirige a superpotência como se de uma grande empresa se tratasse.

Ler mais

O custo humano

Donald Trump prometeu e cumpriu. Está concretizada a transferência da embaixada dos Estados Unidos para Jerusalém. É uma decisão política em total desacordo com aquele que era até agora o não alinhamento internacional em relação à causa Israel-Árabe.

Ler mais

As primeiras damas

Na visita de Emmanuel Macron aos Estados Unidos, destacaram-se as respectivas mulheres: ambas vestidas de branco integral, que é do mais chic que pode haver. Estavam de arrasar.

Ler mais