O Eu e o Nós

Vivemos prisioneiros das novas tecnologias. Já não concebemos a nossa existência sem os telemóveis e a comunicação nas redes sociais. Seria natural que nos sentíssemos mais próximos uns dos outros. Mais fraternos; mais solidários. E, no entanto, nunca como hoje o Eu prevalece sobre o Nós.

Ler mais

A vida que eu escolhi

São já 38 anos de jornalismo. Uma carreira muito diversificada. Gosto de tudo no jornalismo, mas embora muitas pessoas tenham de mim a imagem da entrevistadora, a minha paixão é mesmo a reportagem. O meu coração palpita quando sou enviada especial e quanto mais difíceis são as condições no terreno, mais eu me supero.

Ler mais

O ADN do jornalismo

Os media tornaram a política mais transparente, mais igualitária e mais democrática. Uma das dimensões do jornalismo é escrutinar os diferentes Poderes, denunciar o que está mal, interrogar os acontecimentos e os seus protagonistas, questionar sem medos, sem condicionamentos, procurar a verdade e informar com rigor. É este o ADN do jornalismo.

Ler mais

Nós e os outros

Cada vez mais, somos nós e os outros. O que nos faz sentir em sociedade é a partilha, a necessidade de estarmos em comunhão e em comunicação com os demais, sabermos coexistir com as nossas realidades, com as nossas culturas, em quadros civilizacionais diferentes.

Ler mais

A Arte da Entrevista

Apesar de ter para mim que a reportagem é o ADN do jornalismo, a entrevista é um exercício muito difícil na lógica da comunicação. Políticos e titulares de cargos públicos utilizam esse espaço para fazer passar as suas mensagens, previamente estudadas.

Ler mais

Os Enviados Especiais

Foi na guerra da secessão, nos Estados Unidos, entre o Norte e o Sul, meados do século XIX, que surgiu a figura do jornalista enviado especial. Na altura, o meio de comunicação era o telégrafo e os jornalistas tinham que fazer fila para conseguir enviar os seus artigos.

Ler mais

Beijos e abraços

O ecrã do computador tem uma função semelhante à da varanda da Julieta, simplesmente proporciona-nos o contacto com mais do que uma pessoa, enquanto Julieta só tinha acesso ao seu amado Romeu. Há, no entanto, muitas histórias que acabam bem e a facilidade de comunicação através da internet permite criar laços, estabelecer conversações que de outra forma não seriam possíveis.

Ler mais

As lideranças

FOTO: Nuno André Ferreira / DN

Em razão da personalização da política, no contexto das sociedades mediáticas, a questão das lideranças merece uma atenção particular.

Os líderes fracassam. Cometem erros. Perdem eleições.

Ler mais

Quando nem a amizade resta…

É uma dúvida e simultaneamente uma interrogação que me acompanham desde sempre, desde que comecei a pensar no tema, fundado em experiências pessoais e de amigas minhas.
Há uns dois anos, uma amiga disse-me que nunca mais tinha falado com a pessoa com quem tinha vivido três anos. Essa pessoa também nunca mais a tinha contactado.

Ler mais

A Poderosa Letizia

Conheci pessoalmente Letizia Ortiz há uns anos, ainda era Princesa das Astúrias. Foi numa recepção na embaixada de Espanha, em Lisboa. Eram cerca de trinta convidados, apenas duas jornalistas: eu e a Fátima Campos Ferreira.
Letizia mostrou-se confiante mas ao mesmo tempo “desconfiada”. Sabia que todas as atenções estavam voltadas para ela e que não podia cometer erros.

Ler mais