E viveram felizes para sempre…

Diz a médica Maria do Céu Santo: “ Tem de haver cedências, tolerância, saber ouvir, comunicar com o outro… e não devemos ir ao baú de recordações e atirar tudo para cima dele sempre que houver uma discussão… é importante deixar o amor ser o principal motor impulsionador de todos os nossos comportamentos…se mudar o cérebro muda a idade e muda a sua realidade”

Concordam?

Judite Sousa

Ler mais

Amizade

Amizade

Moderei no  passado um debate na Tvi 24 sobre a amizade. Duas participantes no programa disseram que a amizade entre duas pessoas pode ficar sem comunicação um ano ou mais.

Ler mais

Reciprocidade

As relações humanas são complexas. A comunicação é um bem essencial nas sociedades contemporâneas. Mas para que exista comunicação tem que existir, do meu ponto de vista, reciprocidade.

Do que se trata ?

Ler mais

Escutar

Escutar Judite Sousa

Sempre me ensinaram que é muito importante saber escutar. Mas há dois tipos de escuta… Quando ouvimos alguém e não temos uma palavra para dizer, essa escuta não cria no outro o sentimento de pertença. Quando escutamos e desenvolvemos a partir daí uma conversação, então, nesse caso, estamos a desenvolver uma escuta activa e a criar no nosso interlocutor uma sensação confortável. Só escutando activamente é que as pessoas se sentem valorizadas.

Por vezes, não é preciso muito.

Ler mais

Falar é preciso

comunicação

Na era da comunicação, quantos de nós comunicamos verdadeiramente com os que nos são próximos? Não só nas relações amorosas mas nas relações de amizade e familiares, a comunicação é a melhor prática de proximidade e cumplicidade. É a comunicação o principal elemento de uma relação saudável, fundada na compreensão, na partilha, na cumplicidade e no carinho.

Concorda?

Ler mais

Os nossos silêncios

silencio

Gosto de escrever e de partilhar convosco as minhas linhas de pensamento sobre a vida. Hoje, digo-vos o que penso sobre o silêncio. Há uma forte intensidade nesta palavra. À partida pode parecer uma negação da comunicação. Mas essa é uma análise simplista. No silêncio, podemos encontrar afecto, como também podemos encontrar rejeição.

Ler mais

O Eu e o Nós

Vivemos prisioneiros das novas tecnologias. Já não concebemos a nossa existência sem os telemóveis e a comunicação nas redes sociais. Seria natural que nos sentíssemos mais próximos uns dos outros. Mais fraternos; mais solidários. E, no entanto, nunca como hoje o Eu prevalece sobre o Nós.

Ler mais