Ter mundo

mundo

Não está ao acesso de todos, mas ter mundo é das coisas mais importantes que podemos construir para crescermos, termos um espírito aberto, adquirirmos conhecimento, entrar noutras culturas, no coração de outras pessoas, diferentes povos. Ter mundo dá-nos sabedoria, liberta-nos de preconceitos. Faz-nos ser “open mind”. Deste ponto de vista, a profissão e a vida têm-me proporcionado viagens incríveis.

Ler mais

A feira do livro

Gosto de ir à feira do livro. Não é tanto pelos livros que possa vender, mas mais pelo contacto com as pessoas. Sinto um grande carinho à minha volta. Desde que o André partiu, esse vínculo emocional é mais intenso.

Ler mais

Regresso

Depois de uma semana de trabalho em Windsor, o regresso com passagem por Londres com a minha amiga Margarida Leite. Foi bom ter tido ao meu lado uma pessoa tão importante na minha vida. Somos ambas do Porto e foi em casa dela que me refugiei três semanas quando o André partiu.

Ler mais