Antecipar é viver antes da vida?

Vivemos e sofremos por antecipação, vamos colecionando fotografias do futuro. Mas, quando o vivemos, este sabe-nos a pouco, tem menos intensidade do que quando o imaginámos. É, não raras vezes, déjà vécu. Fazemos listas de tarefas, da semana, cronogramas dos meses, antecipamos um ano inteiro numa ânsia de conseguirmos encaixar todas as possibilidades num calendário. Sonhamos com as férias, o novo emprego, a casa que vamos comprar, o carro. Estamos, quase permanentemente, com um passo à frente. Mais do que desejar, vivemos o que ainda não aconteceu e, assim, nunca vivemos mesmo.

Ler mais

Os meus gostos – Paris

São fortes os laços que me prendem a Paris. Pessoais e profissionais. Foi a primeira cidade onde estive como enviada especial. Estava a trabalhar em Macau, em 1981, quando viajei para Paris para a cobertura das eleições presidenciais que deram a primeira vitória a François Miterrand.

Ler mais

Ronaldo e o futuro

Há uma pergunta que me (nos) acompanha há algum tempo: Cristiano Ronaldo está feliz no Real Madrid? Umas vezes, a resposta é sim; outras é não. Desta vez, CR7 foi mais longe ao revelar que nos próximos dias haverá uma decisão.

Ler mais

Parabéns, arquiteto

Souto Moura já tinha ganho o Pritzker, considerado o Nobel da arquitetura. Agora, conquistou o Leão de Ouro na Bienal de Veneza.
Há uns quatro anos, fiz uma reportagem/entrevista com o arquiteto. Um portuense genuíno, de trato afável, um senhor.

Ler mais

Estará a democracia a morrer?

Há sinais de regressão da democracia. Há mesmo quem considere que é a maior regressão desde 1930.
Nos Estados Unidos, na convenção constitucional de 1787, uma mulher perguntou a Benjamim Franklin: “o que é que temos, uma república ou uma monarquia?” ao que ele respondeu: “uma república se a conseguirmos manter”.

Ler mais

A feira do livro

Gosto de ir à feira do livro. Não é tanto pelos livros que possa vender, mas mais pelo contacto com as pessoas. Sinto um grande carinho à minha volta. Desde que o André partiu, esse vínculo emocional é mais intenso.

Ler mais

O impacto da rejeição

A rejeição, em qualquer situação, é eminentemente social e frequentemente afetiva.

A rejeição diz-nos de alguma forma, que não somos válidos e/ou não somos aceites e/ou não desejados e/ou não amados.

Ler mais

Alguns dos meus gostos…

Creio que já terei dito que gosto de cidades. Não me faz confusão nenhuma o trânsito. Por vezes, dou comigo a pensar que até preciso dessa adrenalina. Claro que a vida fora da cidade pode ser menos stressante, mas mesmo assim, adoro cidades.

Ler mais