A casa do Leblon

erasmus brasil

Os estudantes portugueses que fizeram o intercâmbio com universidades do Rio de Janeiro ficavam instalados num apartamento no Leblon, na rua Carlos Góis. Em 2007, “adotaram” um miúdo da favela da Rocinha. Tinha 11 anos e chamava-se Brian.
Vão saber toda a história no meu livro “Político esfaqueado ou é morto ou é eleito”.

Ler mais

Marcelo pressiona

marcelo rebelo de sousa

O Presidente iniciou uma nova fase no que diz respeito à relação com o governo. Marcelo mostra estar farto de tantas tragédias que passam de forma incólume. O Presidente não é cúmplice com os silêncios do executivo. Quer decisões e ação. O Estado falhou? Falhou, diz Marcelo. Não está garantida a segurança dos cidadãos? Não, diz Marcelo.

Ler mais

Momentos da vida

vida efemera

É tudo tão efémero. É tudo tão passageiro. É tudo tão relativo nas nossas vidas. Ora estamos bem, ora estamos mal. Temos alegrias e tristezas, temos ilusões e desilusões. Temos o singular e o plural. Vivemos porque nascemos e morremos porque nascemos e vivemos. Todos os dias, podemos ser surpreendidos com coisas boas, positivas que nos acontecem, como podemos ser envolvidos no que há de mais negativo.

Ler mais

De novo a pergunta: Quem Somos?

judite sousa

Uma mistura de temperamento, carácter e personalidade.
Os especialistas dizem que o temperamento é a estrutura biológica permanente. O carácter é o resultado das nossas normas de conduta. A personalidade é a soma do temperamento e do carácter.
É também esta a vossa opinião?

Ler mais

Sentir

sentir amor
“As pessoas gostam de sentir. Seja o que for”. Escreveu Virgínia Woolf no seu Diário.
A pergunta que é suscitada é a seguinte: O que é mais temível? O efeito dos sentimentos fortes ou a anestesia afectiva?
Deixe a sua opinião.
Ler mais

Parabéns, Professor!

presidente da republica marcelo rebelo de sousa

Para mim, será sempre o “meu” Professor. Moderei durante três anos o espaço de comentário semanal de MRS. Foi uma felicidade profissional. Aprendi muito. Um homem de uma humanidade do tamanho do mundo. Uma mente brilhante. Um privilégio. Obrigada, Professor.

Ler mais

Macron capitulou

coletes amarelos paris macron

Não tinha outra saída. Emmanuel Macron ou cedia às reivindicações da rua ou perdia a França. O Presidente reagiu tarde mas reagiu. Deu provas inequívocas de que percebeu o significado dos protestos.

Ler mais

Órfãos de filhos

morte estudantes meco

Na madrugada de 14 para 15 de dezembro de 2013, seis jovens universitários morreram, levados pelas ondas da praia do Meco. Cinco anos depois, os pais falaram comigo e o que deixam são testemunhos comoventes, únicos e verdadeiros. Há muitas perguntas: como se faz o luto de um filho; os amigos ficam ou desaparecem; e a família está presente na dor ou também foge… são cinco episódios para ver a partir de hoje no Jornal das 8, TVI.

Ler mais

Macron tem que falar

coletes amarelos frança

França está numa revolta social como já não se via há muitos anos. Não é mais uma contestação em razão da situação económica e social. É um movimento mais amplo que está a colocar o regime sob pressão. Perante a gravidade dos acontecimentos, o poder tem respondido com gás lacrimogéneo.

Ler mais

Ainda a “Bailarina de Auschwitz”

bailarina de Auschwitz

Enquanto danço, descubro um pedacinho de sabedoria que nunca mais esqueci. Nunca saberei que milagre me permitiu ter este conhecimento. Há de salvar-me a vida muitas vezes, mesmo depois de o horror terminar. Consigo perceber que o Dr. Mengele, o assassino experiente que ainda esta manhã matou a minha mãe, é mais patético do que eu. Na minha mente, sou livre; coisa que ele nunca poderá ser. Ele terá de viver sempre com aquilo que fez na consciência. É mais prisioneiro do que eu. Enquanto termino a minha coreografia com uma curiosa espargata final, rezo, mas não rezo por mim. Rezo por ele. Rezo, para bem dele, que ele não tenha necessidade de me matar.

Ler mais