O regresso da seleção

É claro que todos desejaríamos que a seleção chegasse à final. Mas não aconteceu. Como também não o conseguiram a Alemanha, a Argentina ou a Espanha. Uma coisa é certa: caímos de pé.

Ler mais

Nós e os outros

Cada vez mais, somos nós e os outros. O que nos faz sentir em sociedade é a partilha, a necessidade de estarmos em comunhão e em comunicação com os demais, sabermos coexistir com as nossas realidades, com as nossas culturas, em quadros civilizacionais diferentes.

Ler mais

António Vitorino

É um dos homens mais inteligentes e preparados da sua geração. Conheço-o bem. Durante cinco anos, tivemos semanalmente na RTP um programa de análise que se chamava “Notas Soltas” com António Vitorino. Brilhava pela inteligência.

Ler mais

Pensar. Sentir. Viver

No turbilhão de emoções em que vivemos, estas palavras estão carregadas de sentido e levam-nos para um universo mental fascinante mas simultaneamente inacessível à maioria dos seres humanos.

Ler mais

O Padre Tolentino

Tolentino de Mendonça é um padre Dominicano. É vice-reitor da Universidade Católica. É um intelectual da Igreja com mais de uma dezena de livros publicados. O último, “O Elogio da Sede”, saiu há poucos meses. Quase na mesma altura em que o padre Tolentino esteve no Vaticano a partilhar ensinamentos da fé com o Papa. Agora, Francisco chamou-o para dirigir a biblioteca do Vaticano.

Ler mais

Uma paixão

O jornalismo é um sentimento ou até uma paixão. Como todas as paixões é absorvente, gera-nos angústias, insatisfação, medos, mexe com os nossos humores, mas deixa-nos sempre rendidos. O jornalismo é viciante porque o gosto pela notícia é superior a tudo.

Ler mais