Negoceio com a morte cada livro

Quando estive por estes dias na feira do livro, estava praticamente ao meu lado António Lobo Antunes, um homem ímpar que entrevistei muitas vezes na RTP. Lobo Antunes liberta palavras maravilhosas nas respostas que dá sobre os livros e a vida. Nele, essa linha não existe.

Ler mais

O fim da classe média

Somos o país da União Europeia onde é maior a diferença entre os mais ricos e os mais pobres. E somos também um dos países onde é de apenas 200 euros a diferença entre o salário mínimo e o salário médio, que está nos 860 euros.

Ler mais

Os 20 anos do Sexo e a Cidade

Há uns dez anos, eu e umas amigas fizemos uma viagem muito divertida a Nova Iorque. Foram apenas quatro dias, mas o tempo suficiente para fugirmos das nossas rotinas e tirarmos um tempo para nos mimarmos. Sentimo-nos uma espécie de protagonistas da série “Sexo e a Cidade”.

Ler mais

Os meus gostos – aviões

Penso que não é a primeira vez que vos digo que adoro viajar. Fazer a mala, entrar num avião, passear pelos aeroportos, mesmo que sejam voos intercontinentais, tudo isto dá-me prazer. Há alguns anos que viajo com mala de mão. Mesmo que seja uma ausência de duas semanas, consigo fazer uma mala que anda sempre comigo, evitando assim a espera, à chegada.

Ler mais

Regresso a casa

judite sousa

Por estes dias, regressei ao Porto. O pretexto foi a emissão do Jornal das 8 a partir de Serralves no último sábado. Passei três dias na cidade onde nasci e onde estão as minhas raízes. A minha mãe pergunta-me muitas vezes se não pensaria em regressar um dia. Tal questão não se me coloca.

Ler mais

Recordar a Cuba de Fidel

No interior de uma fábrica de charutos, um adolescente de 15 anos ousou gritar bem alto: “mãe, viva a revolução”. Estávamos em Havana e vivíamos dias exaltantes. Há muito tempo que desejávamos conhecer a Cuba de Fidel. Foi há mais de quinze anos e o líder Cubano, ainda bem de saúde, estava longe de entregar o poder ao irmão Raúl, o que só veio a acontecer em 2006.

Ler mais

O fracasso potencia a solidão

Falar hoje em dia em ansiedade, exigência e pressão profissional implica reflectir sobre o conceito de auto-estima. E a pergunta é: como nos vemos a nós próprios?

Nas nossas sociedades, para um indivíduo obter auto-estima é necessário que se sinta especial e acima da média, ou seja, num patamar superior ao da normalidade.

Ler mais

As mudanças brutais dos atores

Tom Hardy, de 41 anos, foi considerado um dos homens mais atraentes do mundo pela revista “Glamour”.
Foi convidado do casamento de Harry e Markle, aparecendo calvo e completamente desfigurado, com cicatrizes no rosto.

Ler mais

Os meus gostos – Paris

São fortes os laços que me prendem a Paris. Pessoais e profissionais. Foi a primeira cidade onde estive como enviada especial. Estava a trabalhar em Macau, em 1981, quando viajei para Paris para a cobertura das eleições presidenciais que deram a primeira vitória a François Miterrand.

Ler mais