Valha-nos a Seleção!

O futebol é um desporto nobre. Agrega multidões; diferentes condições sociais; homens e mulheres; novos e velhos. Mais nenhum desporto tem esta alquimia.
O futebol e os seus adeptos – sérios – deviam ser respeitados. O futebol devia ser uma festa. E não um caso de polícia e de tribunais.

Ler mais

Trump tem coração?

Johh Moore

As imagens de crianças num choro compulsivo, gritando pelos pais, separadas à força das famílias, trazendo-nos à memória tempos de guerra, percorreram o mundo. E o choque, o repúdio, a comoção fizeram-se ouvir em todas as latitudes. O Papa condenou a crueldade de Trump. As Nações Unidas, igual.

Ler mais

Santo Ronaldo

Não sendo muito entendida em futebol, os jogos da seleção são sempre exaltantes. É como se todos nós estivéssemos em campo. Hoje, foi mais um jogo de fortes batidas cardíacas.

Ler mais

O Encontro Histórico

O século XX foi marcado por cimeiras que traçaram a História, reconfiguraram o Mundo e influenciaram os destinos da Humanidade.
Das três cimeiras que determinaram o fim da Segunda Grande Guerra, a mais importante foi a de Ialta, na Crimeia.

Ler mais

O Poder das Palavras

As palavras que utilizamos mostram muito daquilo que somos. O escritor Rudyard Kipling dizia que as palavras são a droga mais potente que a Humanidade utiliza.
Podem ser uma droga e um bálsamo – alimentam ódios e vinganças, vícios e pecados, mas também apaziguam e confortam.

Concorda?

Judite Sousa

Ler mais

Bourdain

Não vou falar de Anthony Bourdain como gastrónomo, nem como apresentador de programas de televisão. O que me inquieta é a razão ou as razões que levam tantos chefes Michelin a acabarem com a vida.

Ler mais

As Novas Miss América

Os organizadores do concurso Miss América alteraram as regras, para melhor. Deixaram de valorizar as questões da aparência, para conferirem mais importância ao pensamento das candidatas, nomeadamente sobre matérias sociais. Concordo.

Ler mais

Guerra comercial?

Donald Trump está a cumprir o que prometeu na campanha eleitoral: uma política proteccionista que está a pôr em causa os princípios do acordo mundial de comércio, assinado há uns anos em Doha, no Catar.
Trump chegou à Casa Branca apoiado nos votos dos excluídos da globalização. Dirige a superpotência como se de uma grande empresa se tratasse.

Ler mais