4000 sextas-feiras

4000 sextas-feiras

A médica Maria do Céu Santo fez as contas e concluiu que, atendendo à esperança média de vida, temos 4 000 sextas-feiras para viver.

Claro que o número é aproximado, mas o que importa é o seu significado, ainda que simbólico. A ideia é sermos capazes de aproveitar os dias para desfrutarmos de qualidade de vida- a possível- e quebrarmos rotinas, pressupondo que para a maioria dos portugueses o sábado e o domingo são dias de descanso.

Claro que não é fácil sermos tão deterministas porque todos os dias, a todo o momento, estamos a ser surpreendidos por algo que nos escapa, mas se o pensamento for positivo já é uma ajuda.

Judite Sousa

Partilhar

Comentários

Artigos de interesse