Manter o Eu

Manter o Eu

Há uma fronteira, por vezes ténue, entre a entrega, a dedicação e a anulação. Numa relação, é muito importante saber manter a individualidade. Quando se vai viver com alguém, não devemos violar os nossos princípios e gostos, pois aquilo que não queremos não devemos fazer, assim como não devemos abdicar da nossa marca individual.

(Não me olhes com esse tom de voz)

Judite Sousa

Partilhar

Comentários

Artigos de interesse