A facada de Bolsonaro

novo livro judite bolsonaro

Quando regressei do Brasil, trazia um livro na minha cabeça. Depois de repor o sono, telefonei ao Pedro Sobral, diretor do grupo Leya. Encontramos-nos no dia seguinte. Disse-lhe que queria publicar um livro sobre as minhas vivências profissionais como enviada especial ao Rio de Janeiro para efectuar a cobertura jornalística da segunda volta das eleições presidenciais. Ele deu-me 10 dias para eu escrever cerca de 200 páginas. O livro teria que ser lançado logo após a tomada de posse de Jair Bolsonaro como Presidente do Brasil.
Durante 10 dias, vivi para o livro. Nos próximos dias, conto-vos mais detalhes.

Judite Sousa

Partilhar

Comentários

Artigos de interesse