Ainda, Ronaldo

Mais uma nota que me parece importante. Na conferência de imprensa, em Turim, CR7 afirmou que, apesar dos seus 33 anos, sentia-se diferente de outros jogadores. Até fez uma graça dizendo 33 não…23!
Acrescentou ainda que jogadores com a idade dele vão jogar para a China ou para os Emirados Árabes e que ele não era assim, mantendo-se a jogar na Europa e numa liga como a Italiana.
Perante estas palavras, alguns comentadores apressaram-se a dizer que Ronaldo não devia ter dito o que disse, no que interpretaram como um exercício de vaidade. Discordo.
Vamos por partes: Cristiano é diferente dos outros porque é o melhor do mundo. É um facto.
Há jogadores que com a idade dele vão ganhar muito mais dinheiro para a China ou para clubes Árabes. É um facto.
Ronaldo pode ser vaidoso? Pode. Os números falam por si. Os resultados em campo não mentem.
Ronaldo deve dizer o que sente? Deve. Está no seu direito e o que diz tem adesão à realidade. O resto é o Portugal dos Pequeninos.

Judite Sousa

Partilhar

Comentários

Artigos de interesse