António Vitorino

É um dos homens mais inteligentes e preparados da sua geração. Conheço-o bem. Durante cinco anos, tivemos semanalmente na RTP um programa de análise que se chamava “Notas Soltas” com António Vitorino. Brilhava pela inteligência. Quando há quatro anos lhe pedi que aceitasse apresentar a biografia de Jorge Coelho, disse -me logo que sim. Sou grata. Agora, António Vitorino foi nomeado diretor geral da Organização Internacional das Migrações. Um lugar que lhe assenta como uma luva. Vai correr bem.

Judite Sousa

Partilhar

Comentários

Artigos de interesse