A ruptura. Bruno e Jesus

Não sendo muito entendida em matérias futebolísticas, o certo é que a situação no Sporting representa uma história de uma ruptura previsível. As investidas de Bruno de Carvalho, com críticas duras aos jogadores e, implicitamente, ao técnico, afectaram o ambiente psicológico da equipa. A experiência demonstra que quando há um clima de tensão, os resultados acusam esse desgaste. Foi o que aconteceu no jogo com o Marítimo. O Sporting perdeu e essa derrota desencadeou a ruptura que era esperada, mais dia, menos dia.

Concorda?

Judite Sousa

Partilhar

Comentários

Artigos de interesse